Estações de esqui e vinícolas: conheça os melhores destinos

É possível unir a prática do esporte a momentos de relaxamento e degustação de vinhos

Na hora de escolher o roteiro para uma próxima viagem, muita gente busca unir interesses e realizar diversos objetivos em um só destino. Em períodos mais frios, a busca por estações de esqui e vinícolas fica ainda maior – e as viagens ganham novas proporções.

Combinar essas duas atividades é mais fácil do que parece e o destino perfeito pode estar mais próximo do que você imagina.

Conheça 7 roteiros para esquiar e conhecer vinícolas

Esquiar e visitar vinícolas são atividades incríveis que combinam aventura e apreciação de boa comida e bebida. Existem algumas regiões do mundo especialmente conhecidas por oferecer essas experiências. Conheça algumas delas:

1. Argentina

Estações de esqui bem desenvolvidas e um programa de enoturismo atraente – a Argentina une o melhor dos dois mundos para os viajantes que estão buscando esse tipo de experiência. No roteiro, vale acrescentar Buenos Aires, a capital do país, e Mendoza, conhecida pelas belas vinícolas locais.

2. Andorra

Andorra é um pequeno país localizado entre a França e a Espanha. É um destino popular para esquiadores devido às suas excelentes estações de esqui, como Grandvalira e Vallnord. Após um dia emocionante nas montanhas, você pode desfrutar de vinhos locais em bares e restaurantes aconchegantes.

3. Suíça

A Suíça é famosa por suas belas montanhas e resorts de esqui de classe mundial, como Zermatt, St. Moritz e Verbier. Além disso, a região de Valais é conhecida por suas vinícolas, que produzem alguns dos melhores vinhos suíços. Certamente, você encontrará vinhos deliciosos para degustar enquanto admira as deslumbrantes paisagens alpinas.

4. Chile

O Chile é um dos principais produtores de vinho do mundo e possui algumas das melhores vinícolas da América do Sul. Além disso, no inverno, você pode esquiar na Cordilheira dos Andes, em estações como Valle Nevado e Portillo. Combinar a prática de esqui com a degustação de vinhos chilenos é uma experiência única.

5. Áustria

Conhecida por suas pitorescas cidades alpinas, a Áustria tem ótimas oportunidades de esqui nos Alpes. Além disso, é um país com uma longa tradição vitivinícola, produzindo vinhos brancos de alta qualidade. Regiões como Burgenland, Wachau e Styria são especialmente famosas por isso.

6. Itália

A Itália é um destino de esqui e vinhos verdadeiramente espetaculares. Regiões como o Vale d’Aosta, Dolomitas e Sella Ronda oferecem excelentes condições para esquiar. Quanto ao vinho, a Itália é mundialmente conhecida por sua rica variedade de uvas e estilos de vinho. Toscana, Piemonte e Sicília são algumas das regiões vinícolas mais famosas.

7. Nova Zelândia

Se você prefere uma experiência de esqui durante o verão, a Nova Zelândia é o lugar ideal. Com estações como Queenstown e Wanaka, é possível esquiar entre junho e setembro no Hemisfério sul. Além disso, a região de Otago na Ilha Sul é conhecida por suas vinícolas, produzindo vinhos de classe mundial, especialmente Pinot Noir.

Monte o roteiro perfeito para sua viagem

É possível criar a viagem dos sonhos – principalmente se a sua ideia é unir a prática de esqui à degustação de bons vinhos. No entanto, é importante lembrar-se de que as estações de esqui e vinícolas podem ter diferentes períodos de funcionamento e temporada, então é sempre bom verificar as informações atualizadas antes de planejar sua viagem. 

Independentemente da escolha, essa combinação proporcionará experiências inesquecíveis.

Está pensando em investir em viagens de incentivo? Conheça os melhores destinos brasileiros para premiar seus funcionários!

Saiba Mais!

6 destinos brasileiros para viagens de incentivo

Confira algumas dicas para investir nessa estratégia de incentivo de funcionários

As viagens de incentivo são uma forma de valorizar o trabalho dos colaboradores da sua empresa, premiando-os por bons resultados e preparando-os para novas fases. Elas trazem diversas vantagens, como reconhecimento, retenção, fidelização, satisfação, aumento da produtividade e do lucro, entre muitas outras. 

Por isso, vale a pena criar um bom planejamento e contar com esse tipo de estratégia.

Quais os melhores destinos para viagens de incentivo – edição Brasil?

Para um esforço bem-sucedido, é essencial conhecer destinos que podem trazer uma ótima experiência. Conheça alguns lugares que fazem sucesso aqui no Brasil:

1. Florianópolis (SC)

Conhecida por suas praias paradisíacas, Florianópolis é um destino popular para viagens de incentivo. Além de desfrutarem do sol e do mar, os viajantes também podem explorar a Ilha de Santa Catarina, fazer trilhas, praticar esportes aquáticos e aproveitar a culinária local.

2. Monte Verde (MG)

Conhecida pela beleza natural e o clima agradável, Monte Verde é uma cidade de Minas Gerais que também atrai pela gastronomia acolhedora. Há diversas opções de turismo e atividades em equipe, que fazem do destino uma ótima alternativa para viagens de incentivo.

3. Salvador (BA)

Com sua rica cultura afro-brasileira, história fascinante e praias encantadoras, Salvador oferece uma experiência única. Assim, os viajantes podem explorar o Pelourinho, visitar os mercados de rua, escutar música ao vivo e experimentar a culinária baiana, que é um espetáculo à parte.

4. Foz do Iguaçu (PR)

Conhecida pelas majestosas Cataratas do Iguaçu, Foz do Iguaçu é um destino impressionante para viagens de incentivo. Os viajantes podem fazer passeios de barco pelas cataratas, visitar o Parque das Aves, explorar a Usina Hidrelétrica de Itaipu e, até mesmo, cruzar a fronteira para conhecer o lado argentino.

5. Natal (RN)

Destino famoso no nordeste brasileiro, Natal é uma ótima opção para premiar seus colaboradores em viagens de incentivo. Além das praias e belezas naturais, a cidade também conta com uma ampla infraestrutura turística, ecoturismo, atrações culturais e históricas.

6. Búzios (RJ)

Essa charmosa cidade litorânea do estado do Rio de Janeiro é famosa por suas praias deslumbrantes, vida noturna animada e cenário descontraído. Ali, os viajantes podem fazer passeios de barco e compras nas lojas locais, saborear a culinária e desfrutar das belas praias.

A melhor estratégia para viagens de incentivo bem-sucedidas

Seja qual for o destino ou a estratégia escolhida para as viagens de incentivo da sua empresa, contar com a parceria de uma agência personalizada é a melhor opção. Isso garante a melhor experiência tanto para a gestão das viagens, quanto para os funcionários que desfrutarão delas.

Essas agências podem, inclusive, sugerir destinos que tenham a ver com a identidade da equipe e o objetivo das premiações.

Você sabe quais as maiores vantagens de contar com uma agência de viagens para sua empresa?

Saiba mais!

4 lugares para ver neve na América Latina

Está pensando em conhecer a neve? Conheça os melhores destinos na América Latina e planeje sua próxima viagem!

Apesar de os termômetros frequentemente registrarem números abaixo de zero durante os meses de frio na região Sul, o Brasil não é considerado um país com frio extremo. Não é à toa que somos chamados de país tropical. Por isso, muita gente, na hora de escolher um destino para a próxima viagem, tende a procurar por uma nova experiência.

E diferente do que muitos pensam, não é preciso ir muito longe para alcançar esse objetivo. Na América Latina, diversos lugares são uma ótima opção para aproveitar o tempo frio – com neve e diversas outras atrações.

Conheça 4 lugares para visitar na América Latina

Quer conhecer um pouco mais desses destinos e colocá-los nos planos para as próximas férias? A gente te ajuda:

1. Cordilheira dos Andes (Argentina e Chile)

A Cordilheira dos Andes oferece diversas opções para quem deseja ver neve. Destinos mais populares incluem Bariloche e Villa La Angostura na Argentina, e Valle Nevado e Portillo no Chile. Essas regiões possuem estações de esqui com infraestrutura completa para aproveitar a neve.

Para aproveitar a neve na Cordilheira dos Andes é importante agendar sua viagem entre os meses de junho e início de setembro.

2. Nevados de Chillán (Chile)

Localizado a cerca de 400 quilômetros ao sul de Santiago, Nevados de Chillán é outro destino popular para a prática de esqui e snowboard. Além das montanhas cobertas de neve, a região possui fontes termais naturais, o que proporciona uma experiência única.

Neste caso, o inverno também é a melhor estação para quem deseja ver neve, ou seja, começando no mês de junho e, muitas vezes, se estendendo até outubro. Vale a pena pesquisar sobre a previsão do tempo para o período de férias.

3. Valle del Elqui (Chile)

Embora não seja um destino tradicional para neve, o Valle de Elqui, no Chile, pode ser uma opção interessante. Localizado no norte do país, o vale é conhecido por suas paisagens deslumbrantes e céus estrelados. Durante o inverno, é possível encontrar neve em algumas áreas mais altas.

4. Ushuaia (Argentina)

Ushuaia é a cidade mais ao sul do mundo e oferece uma experiência única com neve. Embora não seja uma estação de esqui, a cidade fica cercada por montanhas cobertas de neve, proporcionando uma bela paisagem. Além disso, é possível fazer passeios de trenó puxados por cães huskies e explorar o Parque Nacional Tierra del Fuego.

A neve pode começar a aparecer nessa região já em maio, mas as atividades turísticas têm início em junho, se estendendo até setembro, período de inverno.

Como se preparar para uma viagem com neve

Se você já escolheu o destino perfeito para a próxima viagem, confira algumas dicas de como aproveitar bem a neve:

  • Verifique a previsão do tempo para se preparar;
  • Leve roupas adequadas, como casacos e jaquetas impermeáveis e peças térmicas;
  • Se vai praticar esportes na neve, leve equipamentos de proteção, como óculos, luvas, entre outros;
  • Use botas impermeáveis e outros sapatos adequados;
  • Protetor labial e protetor solar também são indispensáveis;
  • Informe-se sobre as condições das estradas e trajetos até a neve;
  • Aprenda sobre segurança na neve;
  • Confira quais os documentos e seguros necessários para o destino que você escolheu;
  • Faça reservas antecipadas, principalmente se for ficar em uma estação de esqui.

Esteja atento a essas questões e aproveite muito sua viagem!

Conte com uma agência de viagens especializada e tenha a melhor experiência

Além de escolher o melhor lugar e garantir todos os preparativos, contar com uma agência de viagens te ajuda a garantir uma experiência ainda melhor. Assim, você tem acesso aos melhores programas e passeios, e ainda conta com um serviço completo para ter o máximo de conforto e um ótimo custo-benefício.

O Sul do Brasil também tem destinos incríveis para aproveitar! Quer saber por que escolher essa região para as próximas férias?

Saiba mais!

Como tirar passaporte no Brasil

Entenda a importância desse documento e os passos para tirar o seu

O ranking “Henley Passport Index” faz uma classificação dos passaportes dos países ao redor do globo. Considerando o número de nações em que é aceito sem um visto prévio, um documento desse tipo pode ser mais ou menos poderoso, mudando sua posição no ranking.

Atualmente, o passaporte brasileiro ocupa o 21º lugar, sendo aceito em 170 países sem visto prévio – sendo que, deles três exigem uma autorização eletrônica e 41 fazem na emissão do visto quando o passageiro chega ao destino.

A verdade é que, se você tem planos de viajar para o exterior, o primeiro passo é tirar seu passaporte. E se você administra uma empresa em que as viagens corporativas são uma realidade, é preciso informar os funcionários sobre esse processo ou oferecer auxílio para emissão do documento.

Como funciona o processo para tirar passaporte no Brasil

Entenda o processo simples para requerimento e emissão de passaportes brasileiro:

  1. Acesse o site da Polícia Federal (www.pf.gov.br) e preencha o formulário de solicitação de passaporte.
  2. Faça o pagamento da taxa de emissão – R$ 257,25 para documento comum e R$ 334,42 para passaporte de emergência (abr/2023).
  3. Após o preenchimento do formulário, agende o atendimento em uma unidade da Polícia Federal de sua escolha.
  4. Reúna a documentação necessária: um documento de identificação com foto (como RG ou CNH), CPF regularizado, comprovante de pagamento da taxa de emissão, Certidão de Casamento (caso tenha alterado seu nome), Certificado de Naturalização (se for naturalizado) e passaporte antigo (no caso de uma nova emissão). Não é mais necessário levar título de eleitor ou comprovante de serviço militar, no entanto essas informações são checadas na hora do atendimento – o requerente deve estar com a situação regularizada.
  5. Compareça à unidade da Polícia Federal no dia e horário agendado com toda documentação exigida.
  6. Realize a coleta de dados biométricos (impressões digitais, foto e assinatura) e entregue a documentação ao agente da Polícia Federal.
  7. Aguarde o prazo estipulado pela Polícia Federal para a emissão do seu passaporte.
  8. Após o prazo, retorne à unidade da Polícia Federal para retirar o seu passaporte. É necessário apresentar o comprovante de pagamento da taxa de emissão e o protocolo de atendimento fornecido no dia da solicitação.

É importante lembrar que o passaporte tem uma validade de até 10 anos e é um documento fundamental pra quem deseja viajar para o exterior. Além disso, alguns países exigem que o passaporte tenha uma validade mínima de seis meses a partir da data de entrada no país.

Tenha seu passaporte em mãos e facilite suas viagens

Mesmo que não tenha uma viagem planejada, ter o passaporte pode agilizar processos e evitar gastos desnecessários com emissões de emergências. A emissão é simples e, dependendo do período do ano, rápida.

Você sabe por que o seguro-viagem é tão importante?

Saiba mais!

Por que viajar para o sul do Brasil

Descubra as belezas e vantagens de conhecer essa região

Depois das altas temperaturas do verão, o outono chega com um mais ameno e uma paisagem de folhas coloridas. O frio começa devagar, mas muita gente já quer aproveitar os termômetros marcando os números mais baixos – quem sabe, até negativos -, principalmente nos primeiros dias de inverno.

E quando se pensa em viajar no frio, muita gente acredita que precisa ir para o exterior ou que o Brasil só tem pontos turísticos para se aproveitar o calor. Mas isso não poderia estar mais longe da verdade. O Sul brasileiro é perfeito para quem gosta de uma camada extra de roupa e de viagens memoráveis.

Por que viajar para o Sul do Brasil?

Entenda por que essa região precisa estar nos seus planos para as próximas viagens:

1. Belezas naturais: o Sul do Brasil tem muitas belezas naturais, como praias, serras, cânions e cachoeiras. Destacam-se a Ilha do Mei em Paranaguá (PR), o Parque Nacional Aparados da Serra em Cambará do Sul (RS) e o Parque Estadual do Caracol em Canela (RS).

2. Gastronomia: além das paisagens, a culinária do Sul do Brasil também é muito rica e variada. Há pratos típicos como o churrasco, o barreado, a cuca e o chimarrão.

3. Vinhos: a região Sul é famosa por sua produção de vinhos, especialmente no Rio Grande do Sul. Há muitas vinícolas abertas para visitação, como a Vinícola Aurora e a Vinícola Miolo.

4. Cultura: a cultura da região é rica e diversa, com influências indígenas, africanas e europeias. Destacam-se festivais como a Oktoberfest de Blumenau (SC) e o Festival de Cinema de Gramado (RS).

5. Turismo rural: o Sul do Brasil oferece muitas opções de turismo rural, com pousadas e fazendas que têm passeios a cavalo, trilhas ecológicas e outras atividades em contato com a natureza.

6. Infraestrutura turística: a infraestrutura turística também é um ponto vantajoso da região Sul, com hotéis, restaurantes e serviços de transporte bem desenvolvidos.

Os destinos mais comuns no Sul do Brasil

Agora que você já sabe tudo que pode encontrar nessa região tão diversa do Brasil, descubra os lugares que costumam estar nos planos de qualquer viajante que visita o Sul:

● Florianópolis: a capital de Santa Catarina é conhecida por suas praias paradisíacas, como a Praia da Joaquina e a Praia dos Ingleses, além de sua vida noturna agitada e gastronomia variada.

● Gramado e Canela: essas duas cidades gaúchas são muitas procuradas por sua arquitetura europeia, atrações turísticas como o Mini Mundo e o Parque do Caracol, além da culinária, cheia de chocolates e vinhos.

● Curitiba: a capital do Paraná é famosa por sua arquitetura moderna e seus parques, como o Jardim Botânico e o Parque Tanguá, além de seus museus e restaurantes.

● Balneário Camboriú: a cidade catarinense de Balneário Camboriú é conhecida por suas praias movimentadas, como a Praia Central e a Praia de Laranjeiras, além de suas opções de entretenimento, como é o caso do Parque Unipraias e o Cristo Luz.

● Beto Carrero World: o parque temático localizado em Penha, Santa Catarina, é um dos maiores da América Latina e atrai muitos turistas com suas atrações radicais, shows e personagens.

Coloque o Sul nos seus planos de viagem

Vale a pena considerar um desses destinos do Sul brasileiro – ou muitos outros – nos seus planos de viagem. Você pode se surpreender com as belezas naturais, as opções de entretenimento e a gastronomia de cada um deles.

Você sabia que o Sul brasileiro pode ser uma ótima opção de destino para viagens de incentivo para seus funcionários?

Saiba mais!

Eventos Internos: Como a Travel Plus ajuda sua empresa

Entenda as vantagens de contar com nossos serviços nos encontros e treinamentos de equipe

Seja qual for o regime de trabalho da sua empresa – completamente remoto, híbrido, presencial -, uma coisa é certa, cada vez mais as companhias têm organizado eventos para encontro e treinamento de suas equipes.

Mas, como qualquer pessoa que já tenha realizado qualquer tipo de evento sabe, criar esses momentos não é simples. Envolve uma grande lista de afazeres, como encontrar as melhores datas, escolher o local certo, organizar o deslocamento e a hospedagem e escolher boas atividades para cumprir o propósito do encontro. E tudo isso tentando se manter dentro de um limite orçamentário.

Como a Travel Plus te ajuda a economizar nos eventos internos da sua empresa

Ciente de importância de realizar encontros e treinamentos de equipe, a Travel Plus oferece também esse serviços em eventos 360o, cuidando de cada detalhe para que sua empresa alcance os resultados desejados.

Descubra como nossos serviços te ajudam a economizar mais nesses eventos internos:

1. Melhore soluções e opções

Com ampla experiência na realização de eventos corporativos dos mais diversos, na Travel Plus contamos com uma equipe preparada e especializada para encontrar as melhores soluções para seu encontro interno de treinamento ou aperfeiçoamento de equipes. Além disso, contamos com um grande portfólio de fornecedores e locais que podem atender às necessidades do seu evento com o melhor custo-benefício.

2. Acompanhamento de gastos em tempo real

Não importa o tamanho do seu evento, é muito fácil estourar o orçamento, especialmente quando envolve deslocamentos e hospedagens. Na Travel Plus, contamos com relatórios completos para que você possa acompanhar os gastos em cada etapa do processo de planejamento e realização. Além disso, nosso app permite que você faça solicitações e receba os valores de maneira simples e rápida.

3. Políticas de realização de eventos

Auxiliamos sua empresa no desenvolvimento de uma política de realização de eventos – internos e externos –, ajudando sua empresa a ajustar as expectativas e as reações dos funcionários. Assim, todos sempre estarão na mesma página, sabendo o que esperar em cada situação.

4. Planejamento, organização e detalhes diversos

O serviço de eventos 360o oferecido pela Travel Plus envolve todos os detalhes de qualquer tipo de evento, desde as ideias iniciais até a realização do evento e o suporte in loco e os relatórios e retornos pós. Essas informações e solicitações ficam disponíveis através de um atendimento personalizado. Assim, a empresa pode ter acesso a todos os gastos e fazer as alterações que julgar necessárias.

5. Assessoria completa

A Travel Plus presta assessoria completa em todo o processo de realização do evento, ajudando a empresa a tomar as melhores decisões em cada etapa. Isso quer dizer que há um contato constante e próximo para responder a dúvidas, realizar solicitações e fazer alterações necessárias.

Conte com a Travel Plus para garantir o melhor custo-benefício para seus eventos

Sua empresa pode realizar eventos ainda melhores e cumprir os propósitos desejados aproveitando o melhor custo-benefício. Conte com a Travel Plus!

Você sabia que terceirizar a organização dos eventos da sua empresa pode trazer muitas vantagens?

Saiba mais!

Como o Câmbio impacta as viagens corporativas?

Conheça as melhores maneiras de economizar na hora de comprar moedas internacionais para as viagens da sua empresa

Quem já viajou para outro país sabe que uma questão essencial é estar preparado para utilizar moedas estrangeiras, como é o caso do dólar, do euro, do peso e de muitas – muitas! – outras. Isso envolve todo o planejamento pré-viagem, porque é preciso pensar no câmbio, no valor dessas moedas em relação ao real, na cotação do dia, no IOF cobrado nas transações com cartão de crédito.

Sem esse planejamento, os gastos podem acabar sendo muito maiores do que o esperado e as viagens podem acabar se tornando muito caras e, até mesmo, inviáveis.

Por isso, principalmente quando se fala em turismo corporativo, estratégias para garantir as melhores cotações e para aproveitar o câmbio da melhor maneira possível são de extrema importância.

Como garantir gastos inteligentes com moedas estrangeiras?

Algumas dicas podem ajudar nesse sentido, garantindo que sempre que precisar comprar uma moeda estrangeira, sua empresa aproveite os melhores negócios:

● Comparar taxas

Casas de câmbio e bancos oferecem taxas diferentes para compra de moedas estrangeiras, por isso o primeiro passo na hora de fazer o câmbio e comparar essas taxas. Muitos sites e aplicativos fazem essa comparação de maneira automática, ajudando o comprador a entender qual lugar oferece a melhor condição de compra.

● Garanta uma transação segura

Além de procurar por boas taxas, na hora de comprar moedas estrangeiras, a segurança é um fator primordial. Por isso, quando escolher a casa de câmbio em que vai comprar a moeda, faça uma pesquisa sobre sua credibilidade e sobre a experiência de outros compradores. Assim, fica mais fácil evitar problemas.

● Compre com antecedência

Fazer a troca de câmbio quando se chega ao país de destino é um grande risco e pode ser sinônimo de gastos mais altos. Comprar a moeda estrangeira deve ser parte do planejamento pré-viagem, ou seja, algo feito com antecedência.

● Compre a moeda aos poucos

Além de comprar com antecedência, outra maneira de garantir boas taxas e valores é comprar poucas quantidades quando houver boas oportunidades, criando um fundo que pode ser utilizado sempre que houver uma viagem. Isso acaba sendo uma boa ideia especialmente com moedas de ampla utilização, como é o caso do dólar e do euro, por exemplo.

● Conheça a realidade da moeda que precisa comprar

No caso de moedas que têm valor mais baixo que o real, muitas vezes pode ser possível fazer a compra somente quando se chega ao país. Essas são exceções, mas podem acontecer. Por isso, vale conhecer a realidade do país e da moeda a ser adquirida.

● Invista em um fundo cambial

Se sua empresa envia os funcionários em viagens frequentes, um fundo cambial pode ser uma ótima opção. Ele se trata de um investimento que tem as moedas estrangeiras como base, se aproveitando de sua variação cambial. Assim, você garante uma reserva da moeda que mais costuma utilizar nas viagens corporativas.

● Conte com uma agência de viagens

Uma agência especializada em viagens corporativas é a melhor opção para garantir as boas oportunidades de câmbio. Por ter contato constante com o mercado e ampla experiência, essas agências sabem exatamente onde ir para garantir preços competitivos e segurança.

Quer experimentar a melhor experiência em qualquer destino? Conte com a Travel Plus!

Como uma assessoria especializada em turismo corporativo, a Travel Plus oferece as melhores opções para garantir um ótimo custo-benefício na hora de sua empresa comprar moedas estrangeiras. Assim, você evita dores de cabeça e tem a experiência perfeita.

Você sabe por que o seguro-viagem é importante para viagens corporativas?

Saiba mais!

5 tipos de viagens corporativas

5 tipos de viagens corporativas

Entenda um pouco mais sobre os motivos mais comuns para uma empresa investir em viagens

É verdade que há diversas razões para que uma empresa invista em viagens corporativas – isso faz com que as necessidades de cada uma dessas viagens também sejam diferentes. Para entender exatamente o que buscar na hora de escolher uma agência de turismo corporativo, entender as reais necessidades do seu negócio quando se trata do deslocamento doméstico ou internacional é essencial.

Os tipos mais comuns de viagens corporativas

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que os tipos de viagens corporativas mais comuns não são difíceis de definir. No entanto, entendê-los com clareza te ajuda a conhecer melhor as necessidades dos seus funcionários e da sua empresa e, então, melhorar o gerenciamento do turismo corporativo e escolher a melhor agência como parceira.

Conheça cinco tipos de viagens que podem fazer parte da realidade do seu negócio:

1. Eventos

De maneira geral, quando falamos em eventos que envolvem uma empresa, eles envolvem conferências ou seminários que façam sentido para o tipo de mercado em que ela atua. Os funcionários costumam ser enviados para esse tipo de encontro para que possam ter experiências de aprendizado e desenvolvimento através de palestras e workshops de temas específicos.

Esse tipo de viagem é essencial, já que permite que os participantes se desenvolvam profissionalmente e, ainda, facilita o networking com diversos tipos de colaboradores, como clientes e fornecedores. Ou seja, são muitas as vantagens para a empresa.

2. Encontros e visitas corporativas

Esse é um tipo de viagem mais comum para empresas que têm escritórios em diversas localidades diferentes. Como regra geral, permitir que alguns funcionários façam viagens entre as filiais é essencial para haver harmonia entre as equipes e para comunicar assuntos importantes.

Dependendo do tipo de negócio, também é possível haver treinamentos que envolvam a sede da empresa e as filiais, exigindo o deslocamento de colaboradores.

3. Retiros e seminários da empresa

Falando em treinamentos, não são só as empresas que têm filiais que precisam deles. A verdade é que seminários e retiros internos ajudam no desenvolvimento das equipes de trabalho. Esse tipo de evento costuma acontecer, pelo menos, uma vez ao ano, podendo ser semestral também – ou ter a frequência que a empresa achar necessária.

O importante é retirar os colaboradores do ambiente de trabalho para que possam focar no que está sendo ensinado e fazer as dinâmicas em grupo com tranquilidade. Assim, fica mais fácil alcançar os objetivos.

4. Reuniões com clientes

Mesmo com o avanço da tecnologia e o aumento das reuniões online, muitas culturas e mercados não abrem mão de encontros realizados pessoalmente para tratar de assuntos importantes e transações comerciais. Isso acaba se tornando essencial para a saúde de uma empresa.

Por isso, dependendo do seu tipo de negócio e dos seus objetivos de expansão, as viagens para encontrar com clientes precisam fazer parte do planejamento.

5. Feiras e exposições

Viajar para feiras e eventos específicos de exposição de produtos é uma ótima maneira para que muitas empresas possam apresentar suas soluções e alcançar novos clientes. Esses tipos de eventos também são uma ótima oportunidade de criar bons relacionamentos comerciais, tanto com consumidores quanto com fornecedores. Então, vale a pena conhecer as feiras que movimentam o seu setor e descobrir como fazer parte delas – seja como um visitante, a princípio, ou como um expositor.

Travel Plus – a melhor opção em qualquer tipo de viagem corporativa

Com ampla experiência em turismo corporativo, a Travel Plus desenvolveu uma equipe especializada e as melhores soluções para todos os tipos de viagens e eventos que envolvam a sua empresa. Desde a facilidade de um aplicativo de gerenciamento até um atendimento completamente personalizado, trabalhamos para oferecer tudo que você precisa e ótimas experiências em qualquer destino.

Quer saber tudo que a Travel Plus pode fazer pelos eu negócio?

Descubra

Política de viagens: Como criar uma para sua empresa

politica de viagens

Entenda como começar a investir no turismo corporativo com organização e sem comprometer as finanças da sua empresa

As viagens corporativas podem ter muitos objetivos em empresas de qualquer porte e qualquer ramo. Desde visita a clientes e parceiros até participação em feiras e eventos, esse tipo de turismo pode impactar os relacionamentos com o consumidor, entre funcionários e, é claro, na própria indústria.

As vantagens de investir no turismo corporativo também são diversas, envolvendo inclusive um impacto positivo na receita.

Nessa estratégia, contar com a ajuda de uma agência de turismo corporativo é essencial para garantir o melhor atendimento e as melhores oportunidades. Também é muito importante se organizar internamente, criando, por exemplo, uma política de viagens, que reúne todas as diretrizes desse tipo de deslocamento na companhia.

O que é uma Política de Viagens Corporativas?

Engana-se quem pensa que investir em turismo corporativo é simplesmente mandar os funcionários e colaboradores em viagens diversas relacionadas à empresa. Investir no crescimento do seu negócio através desse tipo de estratégia exige planejamento e organização – principalmente para garantir que os retornos sejam os melhores possíveis, inclusive em sua receita.

Para isso, é preciso criar uma Política de Viagens – um documento que detalha os casos, características e limitações das viagens realizadas e pagas pela empresa. Na política, são considerados o perfil e as necessidades da companhia, além das possibilidades de investimento. Assim, ficam claras para todos as condições de deslocamento e é mais fácil encontrar uma agência que responda a essas condições, aumentando o custo-benefício.

Como criar uma boa Politica de Viagens Corporativas

Se você está pensando em começar a investir em viagens corporativas e quer montar uma boa Política de Viagens para sua empresa, separamos algumas dicas importantes:

1. Busque ajuda de uma agência especializada

Mesmo que ainda não vá fechar nenhum pacote de viagem, na hora de montar uma política para este fim vale a pena procurar a ajuda de uma agência especializada. Esse parceiro te ajudará a entender todas as informações que envolvem o serviço de turismo corporativo e a entender tudo que você precisa definir internamente.

2. Converse com os colaboradores que mais utilizarão a política

Depois de encontrar uma boa agência de turismo corporativo, vale a pena conversar com os funcionários que mais utilizarão as viagens corporativas ou que já fazem esse tipo de deslocamento. Eles poderão te ajudar a entender as principais necessidades e dificuldades que envolvem as viagens, seja para encontrar clientes, fechar grandes negócios ou participar de feiras e eventos.

3. Entenda suas necessidades

Chegou a hora de colocar as coisas no papel: considere os tipos de viagem que farão parte da política – para eventos da indústria, visita a clientes, contato com parceiros, pesquisa de campo, etc –, os objetivos da empresa com os deslocamentos, se eles serão nacionais ou internacionais e quais tipos de profissionais poderão fazê-los. Isso deixa claro a todos como as coisas vão funcionar e evita desconfortos.

4. Escreva as regras para as viagens

Também é importante destacar as regras da empresa para as viagens de maneira clara, detalhada e simples. Algumas dessas regras são: o orçamento para cada viagem, tipo de hospedagem, limite de gastos com serviços, alimentação, como deve ser feita a apresentação de comprovantes e recibos. Se perfis diferentes de funcionários têm regras diferentes (como é o caso de executivos e vendedores, por exemplo), isso também precisa estar detalhado.

5. Descreva o que entra nos gastos e despesas

Crie uma parte específica falando sobre limites de gastos, ou seja, quanto as pessoas podem gastar, no máximo, com alimentação, transporte, traslados e outros detalhes que envolvem uma viagem.

6. Destaque o funcionamento de reembolsos

Como serão pagos os gastos relativos à viagem? Haverá um cartão corporativo ou será feito o reembolso? Isso também precisa estar claro. Também é importante destacar o que se espera dos colaboradores em viagem: será preciso guardar notas e recibos, fazer um relatório de gastos, etc.

Organize-se e aproveite a melhor experiência em viagens corporativas

O turismo corporativo traz grandes retornos às empresas, mas para desfrutar deles é essencial investir em planejamento e organização. Na Travel Plus, contamos com uma equipe de especialistas para te ajudar a dar os primeiros passos e aproveitar experiências incríveis e o melhor custo-benefício em viagens corporativas.

Você sabe o que são Eventos 360o?

Descubra como sua empresa pode se beneficiar deles!

 

Qual é o retorno do investimento em viagens corporativas?

Qual é o retorno do investimento em viagens corporativas

Os benefícios do turismo corporativo são evidentes em estatísticas surpreendentes

Os efeitos da pandemia da COVID-19 transformaram o modo de trabalho ao redor de todo o mundo – muitos, que tiveram que migrar para uma rotina de trabalho remoto, permanecem assim ou adotaram um modelo híbrido. A questão é que muitas mudanças ainda estão acontecendo e já não se trabalha mais como antes, o que impacta tanto empresas quanto funcionários.

No entanto, mesmo com tantas mudanças, as viagens corporativas continuam sendo partes vitais de qualquer organização. A tecnologia trouxe muitas facilidades e possibilitou tomar decisões, criar estratégias, fazer reuniões e fechar negócios a distância, mas isso não diminuiu a importância das negociações e encontros pessoalmente.

Assim, as viagens corporativas tomam muitas formas, desde encontros com possíveis clientes até a participação em eventos. A noção do espaço tradicional de trabalho foi reescrita, e a porta foi aberta para que as empresas unam suas equipes de maneiras inovadoras.

Então, quais os benefícios do turismo corporativo na prática? Como as empresas podem garantir o retorno de seus investimentos?

Estatísticas importantes

  • Em média, para cada dólar gasto em viagens corporativas, é estimado que US$ 12,50 sejam recuperados em receita.
  • 50% dos consumidores foram convertidos para novas empresas depois de reuniões realizadas fisicamente – comparados com 31% em casos sem interação interpessoal.
  • 38% dos clientes abandonariam uma empresa se ela acabasse com os encontros pessoalmente, o que levaria a uma perda de 37% nas vendas anuais.
  • Feiras e exposições comerciais são responsáveis por mais de 20% da aquisição de novos clientes.

4 benefícios das viagens corporativas para sua empresa

Entenda, na prática, como investir no turismo corporativo pode impactar os ganhos da sua empresa:

1. Garante novos clientes

Nada se compara com reuniões que acontecem pessoalmente quando se trata de fechar negócios. Relatórios da Oxford Economics USA e do Conselho Mundial de Viagens e Turismo mostraram que empresários confirmam maior conversão depois de viagens para encontros em pessoa.

Isso pode ser uma surpresa para muitos. Mesmo depois de alguns encontros pelo Zoom, ficou claro que é muito mais fácil criar confiança e negociar termos importantes quando se pode ler a linguagem corporal e outros sinais não verbais.

Por isso, investimentos em turismo corporativo continuam vitais, especialmente para fechar grandes negócios.

2. Mantem relacionamentos profissionais

Fazer negócios não tem a ver apenas com atrair consumidores. Reuniões in loco também são cruciais para manter o relacionamento com clientes já fidelizados. Tirar tempo e investir em uma viagem para encontrar um cliente demonstra um nível de respeito e parceria.

Isso também é verdade nos relacionamentos internos da empresa. Com o trabalho remoto em constante crescimento, investir no contato face a face é uma forma de trabalhar as equipes e garantir cuidados com o bem-estar dos funcionários.

3. Promove oportunidades de networking

Entre os maiores benefícios da formação de equipes em uma organização, as viagens corporativas também permitem colaboração e criação de relacionamentos em um contexto mais amplo dentro da sua indústria. Participar de conferências e feiras faz com que os funcionários se mantenham atualizados com as últimas novidades, enquanto aproveitam oportunidades para encontrar possíveis clientes ou criar parcerias.

Deixando de participar de eventos da indústria, as empresas podem perder diversas atividades importantes, desde pesquisa de mercado até a criação de uma rede de relacionamentos. Assim, pode acabar perdendo para a concorrência.

4. Serve como uma ferramenta motivacional

Conforme as empresas mudam para o trabalho híbrido ou remoto, a maneira como os funcionários se reúnem também está se transformando.

Reunir equipes que estão espalhadas por várias localidades em um só lugar pode ajudar a ajustar diversas questões corporativas. Misturar atualizações, brainstorming e algumas atividades divertidas em novos ambientes pode revigorar os funcionários e trazer ideias inovadoras.

Invista no seu negócio através das viagens corporativas

Mesmo com toda a tecnologia que envolve os relacionamentos a distância, reuniões e encontros in loco ainda têm muito valor, principalmente nas relações corporativas. Por isso, se você quer ver as receitas da sua empresa crescerem, vale colocar as viagens corporativas em seus investimentos. Assim, seja em eventos ou reuniões com clientes e parceiros, seus esforços serão sempre recompensados.

Você sabia que viagens de incentivo podem ser uma ótima ferramenta para reter bons funcionários e criar um ambiente de trabalho encorajador?

Saiba mais!